Moda para homens magros

Dias atrás eu recebi uma sugestão de Dávilo(colaborador do nosso blog) para escrever um post sobre moda pra homens magros. Não a  toa, já que ele é magrinho e alto, e como tantos outros, sofrem na hora de se produzir. Ou melhor, na hora de comprar suas roupas. Adorei a idéia e logo fui pesquisar sobre o assunto. Achei muita coisa legal pelos blogs a fora! Mas nada tão interessante quanto o que achei neste blog(especializado em moda para magros(ahuahau que legal!!!): Homem tipo magro .  A coisa é tão séria, que eu não me contive e simplesmente dei um ctrl+c e ctrl+v de lá pra cá(com os devidos créditos, claro!). Não foi preguiça ou coisa parecida que me fez copiar um post ao invés de escreve-lo. Simplesmente  o Maven(autor da postagem copida) conseguiu argumentar sobre o assunto, do jeito que eu gostaria de fazer, e resumiu tudo de maneira tão divertida e simples, que acabou me deixando sem palavras para criar um post meu :P. Então,  resolvi não só me basear, mas trazer o post inteiro aqui pro +M, com umas pequenas modificações(muito poucas). Espero que gostem. E leiam, por que é muito bom. Eu mesma me surpreendi com as informações! E já fica a dica pros magrelos de plantão visitarem o blog do Maven .(viu, Dávilo!)

UM PESO, DUAS MEDIDAS.

por Maven

“Ok, pensando nos dois extremos, ser magro não é tããããão ruim assim. Melhor estar devendo alguns quilos do que estar com sobrepeso. Mesmo assim, tem casos em que a magreza continua a incomodar. Só que parece incomodar muito mais os outros do que o próprio magricelo. Ou é mãe falando que você precisa engordar, ou é parente que cada vez que te vê pergunta se você emagreceu mais ainda, ou é gente do colégio, faculdade, trabalho, todos fazendo piadas ou comentários infelizes sobre sua magreza.

Que não é fácil achar roupas adequadas ao nosso biotipo, isso é um fato. Principalmente se você não mora em grandes centros urbanos, onde a moda costuma ser mais de acordo com vários gostos. Mas do que adianta ter uma indústria adequada à vários gostos se ela não produz a roupa em vários tamanhos? Existe loja especializada para gordos, mas não existe loja especializada para magros. E o resultado é o mesmo sempre, OU você compra roupas destinadas para infantes ou se contenta em usar roupas largas. Não há nada de errado em usar roupas largas, desde que você saiba que é magro e adote o estilo magrelo feliz. E também não há nada de errado em usar roupas feitas para gente mais “jovem” desde que você seja, efetivamente, jovem. Não há nada pior do que um tiozão vestido de moleque. Idade e peso são coisas diferentes.

Agora, saiba que não preencher uma roupa não é o fim do mundo. A gente que é magro pode nunca saber como é a sensação de ter uma batata da perna carnuda, mas em compensação praticamente tudo cai bem em corpos como o nosso, desde que respeitado o seu limite de bom senso.

Sei que sempre falo aqui para não deixar sobrar muito tecido para não dar a impressão de que tem roupa demais para pouco corpo, mas quando isso não é possível, porque não procurar exatamente este visual? Já que não dá para sempre achar a roupa adequada ao nosso biotipo, que tal o nosso biotipo tirar o melhor proveito da roupa que existe pelos cabides das lojas?

Então, existe uma grande diferença entre um visual despojado e um visual de linguiça mal-enchida. A idéia é criar um look “dangling”. Vamos às dicas:

  1. Não fuja da sua numeração. Comprar roupas maiores do que você para criar este visual é dar um tiro no pé, você já é magro. Se possível, mande ajustar suas roupas, mas não muito, para preservar o formato, mas não parecer perdido dentro da peça.
  2. Contrariando tudo o que eu sempre disse, escolha tecidos mais maleáveis, isso é: evite os tecidos encorpados. Neste tipo de composição, você vai parecer alguém que roubou as roupas de um defunto.
  3. Não deixe sobrar mais do que uns quatro dedos de tecido nas folgas. Qualquer coisa maior que isso e o efeito será devastador, de despojado você vai para morador de rua em um instante.
  4. Apesar da largura estar contida, o comprimento é meio livre, você pode brincar com o comprimento da camiseta, da calça, brincar com o tamanho das golas, das mangas, pode deixar a barra da calça no chão, em meia canela, o que importa é parecer que a numeração está certa mas o seu corpo é que é especial demais para estar no padrão dela.
  5. Cores estão liberadas, desde as mais berrantes até as mais conservadoras, vai do seu gosto.
  6. E novamente contrariando meus próprios conselhos: nada de camadas ou sobreposições. Neste caso o efeito vai ficar muito carregado. Se você já tá com muito tecido “solto”, colocar uma jaqueta por cima vai pesar. É muito tecido em cima de tecido.

Agora é só aproveitar. Nem sarados nem gordinhos podem alcançar este efeito. Este é um look que só pega bem na gente. “

Pra finalizar, EU selecionei algumas inspirações, pra ajudar ainda mais os magrelos na hora de montar um look bacana:

 Peças no tamanho certo e que tenham modelagem ampla, detalhes como zíperes e bolsos com lapela ajudam a disfarçar os ossos, pois dão a impressão de maior volume. O truque das lapelas vale tanto para calças como para camisas e blazers;

Camisas pólo também vestem bem o magro por causa do volume dado pela gola, mas evitem as que tem punho na manga, por serem afuniladas evidenciam o braço fino, e mantenham o último botão fechado para dar uma impressão mais ampla ao tórax. Outra dica é evitar usar linhas verticais, dê preferência as linhas horizontais, em razão da ilusão de ótica que criam;

Sobreposições póóóóde!!!!! Camisa branca sob a polo, camiseta sob camisas, camiseta por cima da camisa, duas camisetas, coletes;

 As melhores calças são as tipo cargo, com modelagem ampla de jeans, sarja ou nylon. Quanto às sociais, dê preferência para as sem pregas, vincos e bolso faca pois elas criam forma quadrada no quadril. Opte sempre por calças cintura baixa pois encurtam as pernas e quando jeans aproveite as lavagens com manchas claras na altura das coxas e os bigodes de gato horizontais;

Nem todo homem gosta de exibir suas canelinhas de sabiá, mas no verão não é fácil mantê-las escondidas. A regra das bermudas não muda muito em relação às calças, quanto ao comprimento o ideal é que seja na altura do joelho (nem muito abaixo e nem muito acima) e quando for usá-las com tênis, opte por modelos mais leves;

Aproveite os benefícios do xadrez e esqueça looks monocromáticos, principalmente os escuros.

Fontes: Blog A gaivotta e Blog Homem Tipo Magro

E então, curtiram o post??? Gostaram das dicas? Então deixe seu comentário e compartilhe com seus amigos. Tô esperando! ;)

About these ads

3 comentários sobre “Moda para homens magros

  1. Achei fantástico. É verdade que o pedido foi meu e também sou magro e é justamente por isso que gostei, além da qualidade da publicação, claro. Dicas práticas que podem ser feitas e usadas no dia-a-dia, é disso que preciso, ou melhor precisava. Show.

  2. Sou um ‘garoto de 46 anos” digo isso pelo fato de manter o mesmo peso desde quando tinha 16 anos, 52 kg, meu problema é saber como se vestir bem tendo um corpo de garoto, sendo um quarentão. o que vestir para não parecer deslocado no tempo. Edson Araújo.

Obrigada por participar! Volte sempre!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s